quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

A solidão.




Alguma vez você já se sentiu só? Você já procurou entrar fundo nesse sentimento de solidão para perceber o que acontece?
No vocabulário de língua portuguesa a palavra "solidão" significa: estado de quem se sente ou está só.



A solidão é um estado interno, a princípio um sentimento de que algo ou alguém está faltando. Uma sensação de separatividade e desconexão com algo ainda inconsciente, sendo que numa visão espiritualista é a separação de Deus, Eu Superior, Self, Vida ou o Todo.

Atualmente, existem em algumas cidades muitas pessoas que já moram só e que apresentam um a vida bastante independente. 

Não podemos dizer que são pessoas solitárias, desde que elas se sintam em paz com essa situação. Entretanto, o que se mostra é que o sentimento de solidão pode estar presente em qualquer lugar ou situação. A pessoa pode sentir solidão durante uma festa com os amigos, no trabalho e até mesmo dentro de casa com a própria família.


Cada ser humano vem sozinho ao mundo, atravessa pela vida como uma pessoa separada e morre finalmente sozinho. As fases de passagem pela vida física e para além dela trazem muitas experiências, onde tudo é passageiro e impermanente. As situações, os encontros e os fatos da vida surgem, permanecem por algum tempo e se vão.


Portanto, procure refletir quando estiver sentido solidão. Com o que você ainda está resistindo no seu momento atual? Existe algo que precisa partir e você ainda não percebeu ou não aceitou essa possibilidade?


A idéia da separação e do estar só é apenas uma ilusão, pois nada se vai totalmente e nada está separado. Ficará sempre a lembrança no qual contém toda a experiência e vivência ocorrida o que é muito rico.


Perceber que você está se sentindo só é muito importante para o seu crescimento. Utilize desse sentimento como uma alavanca para assumir plenamente a sua vida, para agir a partir de si, fortalecer a sua base e seguir em frente, manifestando a sua própria força dentro dos seus objetivos.


Tenha a sua própria companhia, dê atenção, escute, e acolha aquilo que você é e manifesta. Seja o seu melhor amigo. A partir de então, você perceberá que a solidão deixará de existir naturalmente.




Autora: Elaine Lilli Fong
Twitter: @elainelilli
Instituto União


Conheça também o site paz interior

Alguns motivos porque os Homens gostam tanto de Mulheres.






1- O cheirinho delas é sempre gostoso, mesmo que seja só xampu. 

2- O jeitinho que elas têm de sempre encontrar o lugarzinho certo em 
nosso ombro, nosso peito. 

3- A facilidade com a qual cabem em nossos braços. 

4- O jeito que tem de nos beijar e, de repente, fazer o mundo ficar 
perfeito. 

5- Como são encantadoras quando comem. 

6- Elas levam horas para se vestir, mas no final vale a pena. 

7- Porque estão sempre quentinhas, mesmo que esteja fazendo trinta graus 
abaixo de zero lá fora. 

8- Como sempre ficam bonitas, mesmo de jeans com camiseta e 
rabo-de-cavalo. 

9- Aquele jeitinho sutil de pedir um elogio. 

10- O modo que tem de sempre encontrar a nossa mão. 

11- O brilho nos olhos quando sorriem. 

12- O jeito que tem de dizer 'Não vamos brigar mais, não..' 

13- A ternura com que nos beijam quando lhes fazemos uma delicadeza. 

14- O modo de nos beijarem quando dizemos 'eu te amo'. 

15- Pensando bem, só o modo de nos beijarem já basta. 

16- O modo que têm de se atirar em nossos braços quando choram. 

17- O fato de nos darem um tapa achando que vai doer. 

18- O jeitinho de dizerem 'estou com saudades'. 

19- As saudades que sentimos delas. 

20- A maneira que suas lágrimas tem de nos fazer querer mudar o mundo para que mais nada lhes cause dor.


Arnaldo Jabor



Amor x Sexo.




Amor é propriedade. Sexo é posse. Amor é a lei;
sexo é invasão. O amor é uma construção do desejo.
Sexo não depende de nosso desejo; nosso desejo
é que é tomado por ele. Ninguém se masturba por
amor. Ninguém sofre com tesão. Amor e sexo, são
como a palavra farmakon em grego: remédio ou
veneno - depende da quantidade ingerida. O sexo
vem antes. O amor vem depois.

No amor, perdemos a cabeça, deliberadamente.
No sexo, a cabeça nos perde. O amor precisa do
pensamento. No sexo, o pensamento atrapalha.
O amor sonha com uma grande redenção. O sexo
sonha com proibições; não há fantasias permitidas.
O amor é o desejo de atingir a plenitude. Sexo é
a vontade de se satisfazer com a finitude.

O amor vive da impossibilidade - nunca é totalmente
satisfatório. O sexo pode ser, dependendo da posição
adotada. O amor pode atrapalhar o sexo. Já o contrário
não acontece. Existe amor com sexo, claro, mas nunca
gozam juntos. O amor é mais narcisista, mesmo entrega,
na 'doação'. Sexo é mais democrático, mesmo vivendo
do egoísmo. Amor é um texto. Sexo é um esporte. Amor
não exige a presença do 'outro'. O sexo, mesmo solitário,
precisa de uma 'mãozinha'. Certos amores nem precisam
de parceiro; florescem até na maior solidão e na saudade.
Sexo, não - é mais realista. Nesse sentido, amor é
uma busca de ilusão.

Sexo é uma bruta vontade de verdade. O amor vem
de dentro, o sexo vem de fora. O amor vem de nós.
O sexo vem dos outros. 'O sexo é uma selva de
epilépticos' (N. Rodrigues). O amor inventou a alma,
a moral. O sexo inventou a moral também, mas do
lado de fora de sua jaula, onde ele ruge. O amor tem
algo de ridículo, de patético, principalmente nas
grandes paixões. O sexo é mais quieto, como um
caubói - quando acaba a valentia, ele vem e come.

Eles dizem: 'Faça amor, não faça a guerra'. Sexo
quer guerra. O ódio mata o amor, mas o ódio pode
acender o sexo. Amor é egoísta; sexo é altruísta.
O amor quer superar a morte. No sexo, a morte
está ali, nas bocas. O amor fala muito. O sexo
grita, geme, ruge, mas não se explica.

O sexo sempre existiu - das cavernas do paraíso
até as 'saunas relax for men'. Por outro lado, o
amor foi inventado pelos poetas provençais do
século XII e, depois, relançado pelo cinema
americano da moral cristã.

Amor é literatura. Sexo é cinema. Amor é prosa;
sexo é poesia. Amor é mulher; sexo é homem -
o casamento perfeito é do travesti consigo mesmo.
O amor domado protege a produção; sexo selvagem
é uma ameaça ao bom funcionamento do mercado.

Por isso, a única maneira de controlá-lo é
programá-lo, como faz a indústria da sacanagem.
O mercado programa nossas fantasias. Não há
'saunas relax' para o amor, onde o sujeito entre
e se apaixone.

No entanto, em todo bordel, finge-se um 'amorzinho'
para iniciar. O amor virou um estímulo para o sexo.
O problema do amor é que dura muito, já o sexo
dura pouco. Amor busca uma certa 'grandeza'.
O sexo é mais embaixo. O perigo do sexo é que
você pode se apaixonar. O perigo do amor é virar
amizade. Com camisinha, há sexo seguro, mas
não há camisinha para o amor. O amor sonha
com a pureza.

Sexo precisa do pecado. Amor é a lei. Sexo é a
transgressão. Amor é o sonho dos solteiros. Sexo,
o sonho dos casados. Amor precisa do medo, do
desassossego. Sexo precisa da novidade, da
surpresa. O grande amor só se sente na perda.
O grande sexo sente-se na tomada de poder.
Amor é de direita. Sexo, de esquerda - ou não,
dependendo do momento político. Atualmente,
sexo é de direita. Nos anos 60, era o contrário.
Sexo era revolucionário e o amor era careta".



 (listadesonhos.blogespot.com)



Amor depois dos 40 anos



Aos 20, o frescor da juventude: frio na barriga, calor no resto do corpo e, se possível, muita quantidade. Aos 30, a galera dá uma sossegada: grande parte julga ter encontrado a tampa da panela com quem se casa e começa uma família. Aos 40, muitas já se separaram e estão se preparando para voltar ao mercado amoroso. Outras não chegaram ao altar. Conheça as histórias de mulheres que encontraram o amor na casa dos enta e esperam ser felizes para sempre.

Eles se conheceram no intervalo de uma peça de teatro. O economista Toni, 51, viu a dentista Mara, 46, na bomboniere. "Ele se aproximou e puxou um assunto qualquer sobre a peça. Antes de voltarmos a nos sentar, ele pediu meu telefone e eu dei. Três dias depois, fomos jantar fora", lembra Mara, contando que a paquera evoluir rápido e o namoro também. "Casamos em menos de um ano. Não tinha por que esperar! As pessoas esperavam uma cerimônia simples, mas fiz questão de tudo a que eu tinha direito: casei na igreja de noiva!", revela Mara que acredita ter enfim encontrado o amor da sua vida. "O negócio é não desistir de achar o seu par. Para o amor, a idade não conta", garante ela, com conhecimento de causa.

Em casas separadas.

Ela estava divorciada, mãe de filho criado. Ele, cinco anos mais velho, tinha ficado viúvo há pouco mais de um ano e suas duas filhas não aguentavam mais vê-lo só. "Ele deu em cima, mas logo percebi que ele estava precisando de um bom colo. E dei!", conta a funcionária pública Soraia, hoje com 55 anos, casada há dez. "Somos casados no papel e usamos aliança, mas temos duas casas. Mesmo estando quase sempre juntos, cada um quis manter o seu espaço", revela, lembrando que, depois de certa idade, fica difícil abrir mão do que já construiu. "Ele é um excelente companheiro e acredito que vamos envelhecer juntos", diz Soraia.

A médica Rose J., 48, achava que tinha fechado a panela do amor quando reencontrou um amigo do passado. "Foi por acaso. Nos encontramos em uma festa de um amigo em comum e conversamos a noite toda. Trocamos telefones, saímos para jantar e tudo começou", conta ela, que vem se sentindo como se tivesse 18 anos outra vez. "É tudo igual: cinema, brigas! Ele tem muito ciúme de mim", revela, aos seis meses de namoro. "Se tudo continuar como está, temos planos de morar sob o mesmo teto", anuncia, contando com o apoio dos três filhos dela e da filha dele. "Seremos uma grande família", acredita.
Amor sem idade.

Segundo a psicóloga Sabrina Dotto Billo, o amor não tem idade. "O amor depois dos 40, como tudo na vida, tem seus prós e contras. Por um lado, pode ser que o amor seja um ‘gato escaldado' e as pessoas tenham mais dificuldade para se envolver. Por outro lado, as pessoas estão mais carentes", pondera a psicóloga, para quem a paixão, esta sim, tem idade. "Os hormônios desenvolvidos durante o apaixonamento, aqueles que causam ‘frio na barriga' e fazem o coração bater mais forte, duram de 12 a 30 meses (período suficiente para copularmos). A partir de então a freqüência é cada vez menor", explica Sabrina, lembrando ainda que o que fica é o amor.

Para a psicóloga, depois dos 40 são mais valorizados fatores como o companheirismo, a convivência e o desejo de construir uma vida juntos. "O que acontece muitas vezes é que, em relacionamentos entre pessoas de mais de 40 anos, não há uma paixão avassaladora, mas em compensação isso pode fazer com que a relação seja mais duradoura", afirma a psicóloga, explicando que o amor depois dos 40 se baseia no que o outro é e não no que idealiza-se que ele seja. "Não é raro que um casal depois dos 40 possa ‘pular a etapa' da paixão e viver direto o amor, valorizando o companheirismo e convivência", conclui.
    


segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Ser feliz....Augusto Cury.


É ter maturidade para falar "eu errei"

É ter ousadia para dizer "me perdoe"

É ser sensível para dizer "eu preciso de você"

É ter coragem de dizer "Eu te amo"

Ter a humildade da receptividade

Desejo que a vida se torne um canteiro de oportunidades para você ser feliz,

E, quando você errar o caminho, recomece

Pois assim você descobrirá que ser feliz não é ter uma vida perfeita

usar as lágrimas para irrigar a tolerância

Usar as perdas para refinar a paciência

Usar as falhas para lapidar a felicidade

Usar os obstáculos para abrir as janelas da inteligência

Jamais desista de si mesmo, das pessoas que você ama

Jamais desista de ser feliz, pois a vida é um espetáculo imperdível, ainda que
 fatores demonstrem o contrário

Pedras no Caminho? 
Guardo todas, um dia vou construir um castelo! 


sábado, 18 de fevereiro de 2012

Erros e Mudanças...

Pessoas Erram

Ninguém é impassível de erro, e por conta disto é bom que não nos tornemos maus juizes daqueles que erram conosco. 
Na verdade, não é bom que juguemos nem condenemos ninguém por suas falhas. Pode parecer absurda esta idéia e eu sei que isto é realmente difícil de se fazer, por que muitas vezes estas pessoas nos machucam pra valer. Porém, se hoje vitimares alguém com incompreensão, como poderás quererdes compreensão amanhã? Você também erra... 

Neste mundo, somos todos aprendizes, e quando alguém pisa fora da linha, não nos cabe discriminá-lo ou puní-lo, mas pegá-lo pelo braço e dizer "vem por aqui." Sozinhos, não chegaremos a lugar nenhum. 
E a verdadeira capacidade de perdoar, consiste em perdoar aquilo que parece imperdoável... Você é capaz disso. Todos somos. Um rapaz chamado Jesus Cristo afirmou que somos, e ele não poderia estar enganado. Basta que demos mais espaço para florescer o Amor que há em nossos corações.

Pessoas Mudam

A Mudança, quando feita por influência de outras pessoas, pode ser sinal de fraqueza. 
Quando promovida sem prévio aviso, pode causar insegurança.
Mas é quando se muda para adaptar-se a um cenário adverso e imprevisível que revela-se o verdadeiro valor da mudança: em tempos incógnitos, é preciso ter a capacidade de saber decidir rápido, de tomar um caminho melhor com urgência a fim de que muitos danos sejam evitados. 

Neste momento, o promotor da mudança revela que é, na verdade, um líder que possui coragem e muitos conhecimentos, para poder guiar as pessoas por muitos caminhos diferentes. 
Mas, por maior que seja o preparo deste líder, sempre existem eventos que escapam ao poder das pessoas, e é por isso que toda Mudança deve requerer, sobretudo, sabedoria.
  Augusto Branco 

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Conselhos de Dalai Lama.


Dê mais às pessoas, MAIS do que elas esperam, e faça com alegria.
· Decore seu poema favorito.
· Não acredite em tudo que você ouve, gaste tudo o que você tem e durma tanto quanto você queira.
· Quando disser "Eu te amo" olhe as pessoas nos olhos.
· Fique noivo pelo menos seis meses antes de se casar.

· Acredite em amor à primeira vista.
· Nunca ria dos sonhos de outras pessoas.
· Ame profundamente e com paixão.
· Você pode se machucar, mas é a única forma de viver a vida completamente.
· Em desentendimento, brigue de forma justa, não use palavrões.

· Não julgue as pessoas pelo seus parentes.
· Fale devagar mas pense com rapidez.
· Quando alguém perguntar algo que você não quer responder, sorria e pergunte: "Porque você quer saber?".

· Lembre-se que grandes amores e grandes conquistas envolvem riscos.
· Ligue para sua mãe.
· Diga "saúde" quando alguém espirrar.
· Quando você se deu conta que cometeu um erro, tome as atitudes necessárias.
· Quando você perder, não perca a lição.
· Lembre-se dos três Rs: Respeito por si próprio, respeito ao próximo e responsabilidade pelas ações.

· Não deixe uma pequena disputa ferir uma grande amizade.
· Sorria ao atender o telefone, a pessoa que estiver chamando ouvirá isso em sua voz.
· Case com alguém que você goste de conversar. Ao envelhecerem suas aptidões de conversação serão tão importantes quanto qualquer outra.
· Passe mais tempo sozinho.

· Abra seus braços para as mudanças, mas não abra mão de seus valores.
· Lembre-se de que o silêncio, às vezes, é a melhor resposta.
· Leia mais livros e assista menos TV.
· Viva uma vida boa e honrada. Assim, quando você ficar mais velho e olhar para trás, você poderá aproveitá-la mais uma vez.

· Confie em Deus, mas tranque o carro.
· Uma atmosfera de amor em sua casa é muito importante. Faça tudo que puder para criar um lar tranquilo e com harmonia.
· Em desentendimento com entes queridos, enfoque a situação atual.

· Não fale do passado.
· Leia o que está nas entrelinhas.
· Reparta o seu conhecimento. É uma forma de alcançar a imortalidade.
· Seja gentil com o planeta.
· Reze. Há um poder incomensurável nisso.
· Nunca interrompa enquanto estiver sendo elogiado.
· Cuide da sua própria vida.

· Não confie em alguém que não fecha os olhos enquanto beija.
· Uma vez por ano, vá a algum lugar onde nunca esteve antes.
· Se você ganhar muito dinheiro, coloque-o a serviço de ajudar os outros, enquanto você for vivo. Esta é a maior satisfação de riqueza.

· Lembre-se que o melhor relacionamento é aquele em que o amor de um pelo outro é maior do que a necessidade de um pelo outro.
· Julgue seu sucesso pelas coisas que você teve que renunciar para conseguir.
· Lembre-se de que seu caráter é seu destino.
· Usufrua o amor e a culinária com abandono total.

domingo, 5 de fevereiro de 2012

6 Formas de Ultrapassar a Timidez e Ganhar Confiança.




Você é tímido? Você tem dificuldade em lidar com pessoas ou situações? Então eu tenho uma boa notícia para você. Você não tem que sofrer de timidez e você não deve sentir-se inseguro e temer que você esteja sendo julgado a cada passo que você toma.
Vencer a guerra com a timidez requer prática, mas definitivamente vale a pena o esforço, o resultado é aumentar a confiança e auto-estima. Levante-se pela manhã sentindo bem consigo mesmo, capaz de enfrentar o mundo comconfiança e segurança e saber que nenhum sentimento de timidez pode vir em sua maneira de alcançar seus desejos.
Há centenas de livros escritos sobre o assunto de como vencer a timidez e ganhar confiança, mas existem algumas técnicas que qualquer pessoa pode praticar. Estão aqui 6 sugestões de técnicas sobre como superar sua timidez:

1. Toda manhã, logo que se levantar, chegar na frente de um espelho e dizer em voz alta “Eu me sinto ótimo! Eu me sinto ótimo! Eu me sinto ótimo!” Repita esta afirmação com entusiasmo, pelo menos, dez vezes todos os dias até que esteja enraizada em sua mente subconsciente. Se sentir um pouco de auto confiança para começar o dia. Os resultados irão surpreender você.
2. Sinta-se bem consigo mesmo. Procure o seu melhor. Vista-se melhor com mais freqüência. Isso lhe dá uma sensação extra de confiança e auto-estima. Por si só, basta saber que você vestir bem vai aumentar sua confiança e reforçar com os outros que existem coisas sobre você que valem a pena conhecer.
3. Assumir um risco pelo menos uma vez por dia. É muito estimulante para vencer os medos, tomando riscos ajuda a crescer confiança e auto-estima. Comece com pequenos riscos e medos e como superá-los.. avançar para coisas maiores. Não há nada que você não possa fazer. Seja confiante em saber que a mudança só pode ajudá-lo a crescer, e aumentar a sua auto-confiança.
4. Quando você está envolvido em uma conversa um para um, ou com um grupo maior de pessoas, que eles saibam que você é tímido. Isso impede que você erre e eles são muito mais propensos a convidá-lo para a conversar ao invés de deixá-lo apenas ouvindo e desejando que você poderia contribuir mais.
Muitas pessoas, inclusive eu, encontram-se na sequência de uma conversa em uma sala barulhenta e é difícil de falar e entender. Se você está tendo dificuldade em falar, move-se para que você possa ouvir. Pessoas respeitam a honestidade e a vulnerabilidade e você irá atrair as pessoas mais honestas em sua vida como um resultado.
5. Rejeição é um fato que todos passam na vida. Raramente é você que está sendo rejeitado. Por exemplo, se você perguntar a alguém por um momento seja o que for, lembre-se que todos têm diferentes gostos e desgostos. Você pode ser atraído por um tipo de pessoa e outros não. O mesmo se aplica a outras pessoas e você provavelmente não difere. Isso não desvaloriza em qualquer maneira.
 Aceite isso e saiba que você vai superar isso. Nunca levar pessoalmente e ter em mente que, se as pessoas rejeitam-lhe que é por causa de seus próprios gostos e desgostos, e não por causa de quem você é. Encontra-se igualmente o direito de rejeitar os outros por causa de seus gostos e desgostos.
6. Envolver-se em uma das actividades que fazem você se sentir animado e bem consigo mesmo ou começar um hobby que lhe dá uma sensação de relaxamento. Este poderia ser qualquer coisa desde jardinagem para Tai Chi de Karate como simplesmente jogar futebol com os amigos. Tomar algumas lições, aprender ou dominar um instrumento musical ou ter aulas de canto. Faça alguma coisa que te excita e tomar um risco. Explorando as coisas que fazem você se sentir animado é um grande antídoto para a timidez.

Fonte: http://blog.maisdinheiro.net
Tema Viagem. Imagens de tema por Galeries. Tecnologia do Blogger.

Pesquisar este blog