sábado, 28 de julho de 2012

Relaxa, respira, se irritar é bom pra quem? Caio Fernando Abreu.


Tô me afastando de tudo que me atrasa, me engana, me segura e me retém. Tô me aproximando de tudo que me faz completo, me faz feliz e que me quer bem. Tô aproveitando tudo de bom que essa nossa vida tem. Tô me dedicando de verdade pra agradar um outro alguém. 

Tô trazendo pra perto de mim quem eu gosto e quem gosta de mim também. Ultimamente eu só tô querendo ver o ‘bom’ que todo mundo tem. Relaxa, respira, se irritar é bom pra quem? Supera, suporta, entenda: isento de problemas eu não conheço ninguém. Queira viver, viver melhor, viver sorrindo e até os cem. Tô feliz, tô despreocupado, com a vida eu tô de bem.

Tô me aproximando de tudo que me faz completo, me faz feliz e que me quer bem. Tô aproveitando tudo de bom que essa nossa vida tem. Tô me dedicando de verdade pra agradar um outro alguém. 

Tô trazendo pra perto de mim quem eu gosto e quem gosta de mim também. Ultimamente eu só tô querendo ver o ‘bom’ que todo mundo tem. Relaxa, respira, se irritar é bom pra quem? Supera, suporta, entenda: isento de problemas eu não conheço ninguém. Queira viver, viver melhor, viver sorrindo e até os cem. Tô feliz, to despreocupado, com a vida eu to de bem.



De repente paixão...


Paixão sentimento excessivo...

Afeto violento e seguem-se outras classificações. Realmente a paixão é simples... É sempre uma atração passageira que pode afetar a todos, por um período curto ou longo. E suas conseqüências são imprevisíveis.


 A paixão nasce de repente... 


Os olhares se cruzam e vem aquele desejo de uma aproximação. E tudo acontece até a entrega total. Não adiantam reações. A carne predomina sobre a razão. Não existem distâncias sociais e financeiras. O momento é de entrega. E tem de ser vivido. È uma ocasião única em que as fantasias serão realizadas. A situação é questionada, mas prevalece a irresponsabilidade do ato sobre tudo.


 O coito é voraz e cheio de emoções...


 Alguns casais se esbofeteiam no início, querendo qualificar aquele espaço como estupro, fugindo do conflito d´alma reinante. E logo, em seguida segue-se cópula com maior intensidade. E nos dias subseqüentes, os encontros multiplicam-se, agora sem qualquer cuidado em suas exibições. Torna-se um vício, tais drogas ou jogos. Não existem culpados... Apenas aconteceu! 


 O Amor.. afeição profunda...


 conjunto de fenômenos cerebrais e afetivos que constituem o instinto sexual é uma aproximação lenta e gradual que atinge as pessoas. A sua evolução é progressiva e o tempo é água que o alimenta através da eternidade, pois o Amor é eterno. È tranqüilidade envolvente. É o bem estar. Jamais o amor foi destruído por uma paixão. Ele continua em todas separações, se realmente existiu.


mensagenscomamor.




Tema Viagem. Imagens de tema por Galeries. Tecnologia do Blogger.

Pesquisar este blog