sexta-feira, 30 de março de 2012

A falta de perdão é como lixo interno .


Para muitos de nós é difícil perdoar, porque isso implica tocar nas feridas e mexer em situações dolorosas, implica abrir o coração e remexer no "lixão" de nossa vida. Seria mais fácil não tocar em nada disso! Mas, imagine conservar uma lata cheia de lixo durante um mês dentro de casa?! Ninguém iria agüentar o mau cheiro e a contaminação.

 O mesmo vale para nossa vida espiritual. Jogar fora o "lixo" causado pela falta de perdão significa colocá-lo aos pés da cruz de Cristo, para que possa ser queimado. O lugar desse lixo não é no seu coração, é aos pés da cruz de Jesus Cristo! 

Esse convite ao perdão não é uma imposição. Você poderia dizer: "Além de tudo pelo que eu já passei, ainda sou obrigado a perdoar?" Deus quer lhe dar a graça de retirar de seu coração tudo que está estragado. Lembre-se: Deus é amor! Somos a imagem e semelhança d'Ele, por isso, dentro de nós só devem ficar sentimentos bons, como o amor e tudo o que nos ajuda a amar.


 Aquilo que é contrário ao amor é tóxico e venenoso, pois somos feitos para o amor; não para o ressentimento, o ódio, a mágoa, o pecado e a falta de perdão.

Por isso, é preciso viver o amor em plenitude. E para vivê-lo assim é preciso ter fé e confiança em Deus. Peça essa graça ao Espírito Santo. 



(Monsenhor Jonas Abib)




Um dia descobrimos... Mário Quintana



Um dia descobrimos que beijar uma pessoa para esquecer outra, é bobagem. Um dia descobrimos que beijar uma pessoa para esquecer outra, é bobagem. Um dia descobrimos que beijar uma pessoa para esquecer outra, é bobagem. Um dia descobrimos que se apaixonar é inevitável... 

Um dia percebemos que as melhores provas de amor são as mais simples... 

Um dia saberemos que ser classificado como "bonzinho" não é bom... 
Um dia perceberemos que a pessoa que nunca te liga é a que mais pensa em você... 
Um dia saberemos a importância da frase: "Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas..." 

Um dia percebemos que somos muito importante para alguém, mas não damos valor a isso... 
Um dia percebemos como aquele amigo faz falta, mas ai já é tarde demais... 
Enfim... 

Um dia descobrimos que apesar de viver quase um século esse tempo todo não é suficiente para realizarmos 
todos os nossos sonhos, para beijarmos todas as bocas que nos atraem, para dizer o que tem de ser dito... 

O jeito é: ou nos conformamos com a falta de algumas coisas na nossa vida ou lutamos para realizar todas 
as nossas loucuras...
Quem não compreende um olhar tampouco compreenderá uma longa explicação.



Tema Viagem. Imagens de tema por Galeries. Tecnologia do Blogger.

Pesquisar este blog