segunda-feira, 23 de abril de 2012

Como lidar com o luto.



O assunto morte sempre é um tema difícil, principalmente em uma sociedade que sonha cada vez mais com a juventude e a longevidade, através de uma melhora na qualidade de vida, tratamento estéticos e é claro que as novas tecnologias na medicina que ajudam a diagnosticar os mais diversos problemas de saúde.
Todos nós vivemos, lutamos e ignoramos a morte, esquecemos que ela é um processo natural da vida e que todos, sem exceção de ninguém, irão passar por ela.


Mas, atualmente a família mudou e diminuiu, onde os casais atuais optam por terem somente um ou dois filhos no máximo, não se tem mais tempo para sentar na calçada com os nossos vizinhos e conversar, não temos mais tempo de conhecer os novos vizinhos e com isso o nossa amor e dedicação é direcionado para poucos e quanto menos tempo, maior será a dor da perda.
Por isso, atualmente se fala de uma teoria, onde o luto tem cinco fases, as quais são:

Choque: perder alguém realmente dói muito, pois temos a sensação de que nosso coração vai rasgar e vai parar e assim não conseguiremos mais seguir em frente. Nesse momento, nos sentimos assim por conta do choque que sentimos e não é possível encontrar uma saída para tanto sofrimento, sendo importante aceitar a dor e vivenciá-la, ou seja, chorar, entristecer, gritar entre outros e jamais esconder ou abafar os sentimentos para dentro de si, pois um dia esses sentimento virão à tona e o problema será ainda maior.

Negação: a negação é uma espécie de mecanismo de defesa da pessoa, levando-a a não acreditar ou não querer acreditar no que aconteceu, tendo a impressão de que a pessoa morta pode entrar a qualquer instante pela porta.

Culpa: esse sentimento é bastante comum, pois as pessoas começam a pensar em tudo o que poderiam ter feito ou dito para impedir o momento da morte.

Depressão: este é o estágio em que ocorrem mudanças súbitas de emoções, ou seja, crises de horo, raiva, isolamento e momentos depressivos e, apesar de preocupante, se trata de uma fase essencial para que a pessoa possa fazer uma análise mais clara de tudo que ocorreu.

Aceitação: esta fase é quando a pessoa começa a ter consciência do que aconteceu e se prepara para voltar as suas atividades normais, afinal a pessoa morta não irá voltar.
Por mais que todas as pessoas que perdem um parente muito querido vivenciem essas cinco fases, cada um terá uma reação e um tempo próprio para aceitar o acontecido, afinal a morte não traz apenas a perda de uma pessoa querida e sim de todo o contexto em que ela vivia, por isso, a morte sempre traz um recomeço onde é preciso aprender sem a ajuda da pessoa que se foi.

É claro que a dor da perda sempre irá existir, mas é preciso amar as pessoas como se não houvesse o amanhã, pois o cuidado e o respeito durante a vida ajudará a vivenciar a morte de uma maneira mais serena e sem todos aqueles sentimentos de peso ou culpa do que não foi feito ou do que foi mal falado.
E, além de tudo isso, é necessário aceitar falar sobre a morte, incluindo nisso a independência e não deixar a vida nas mãos da outra pessoa, pois quanto maior for à dependência maior será a dificuldade de retomar a vida, conversar sobre a morte, decidir a doação de órgãos, se informar dos seguros de vida, pertences e tudo mais.
 Lembre-se também de não deixar planos e sonhos para depois e quanto mais falarmos e resolvermos as questões enquanto estamos vivos, mais natural será a morte, quando a mesma chegar.

Por isso, verificamos que não existe um remédio em específico que nos ajude a superar uma perda e a única solução é enfrentá-la e aos poucos ir construindo uma nova história, sem nenhum tipo de culpa ou remorso e somente o tempo se encarregará de trazer um novo amigo, uma nova roupa, uma nova vida, um emprego novo, um corte de cabelo diferente, novas experiências e assim a vida vai seguindo o seu curso natural, sem é claro, esquecer as boas lembranças que a pessoa deixou, afinal todo mundo um dia irá morrer e viver em um lugar mais bonito que esse.


FONTE: http://www.dicasgratisbrasil.com
Tema Viagem. Imagens de tema por Galeries. Tecnologia do Blogger.

Pesquisar este blog