sábado, 6 de outubro de 2012

O sofrimento passa, sempre passa.


Encontro-me em meu quarto, rodeada de coisas velhas. Junto à elas, lembranças nebulosas e antigas, mas que me trazem uma nostalgia profunda. Porém, há outras que preferia não ter as tido, de tão dolorosas que elas foram. E tem as de você, as que por muito tempo eu temia falar, por medo de sofrer. Por medo de que mais uma vez, aquele nosso filme passasse por minha cabeça, e eu caísse prostrada no chão, amargurada. Felizmente, essa época de dores já passou. Você enfim, conseguiu sair da minha cabeça. 

Por fim, eu te esqueci. Há algum tempo atrás, se me perguntassem de você, por mais que a pergunta fosse totalmente inofensiva, eu sei exatamente como seria a minha reação. Eu hesitaria em responder, pensaria em você, e em quanto eu sou insignificante para ti. Lembraria que estava feliz com muitas outras, e me esnobara inúmeras vezes. E por fim, com um rosto banhado de lágrimas, responderia com uma voz entrecortada e fraca: “Não, não tenho notícias dele.” Você teve um valor inestimável para mim. 

Eu te amei demais, te amei antes de amar a si mesma. Te amei, e me devotei completamente a você. Mas tu não me quiseste, tu simplesmente olhaste para mim, e falara com arrogância que jamais teria algo comigo. Isso acabou comigo, partiu meu coração em um milhão de pedaços. Destruiu minha dignidade e meu ego. Os fragmentos de minha felicidade sumiram com o vento, e não se atreveram a aparecer novamente. Felizmente ─ mais uma vez eu digo ─ isso passou, sempre passa. O sofrimento passa, a dor some. Não sobra uma cicatriz sequer, só simples marcas insignificantes e imperceptíveis.

 Uns dizem que sofrimento de amor jamais acaba, entretanto, eu discordo. Passa, sempre passa. Sou a prova viva e feliz disso. O amor vai e vem na sua vida, basta esperar a pessoa certa chegar, para enfim ela permanecer para sempre. E quando esta chegar, todo o sofrimento amoroso, e todas as paixonites frustadas que você teve na vida vão ser apagadas. Vão ser entorpecidas por algo muito mais forte, um remédio infalível para todas as suas dores. O sofrimento, meu amigo, passa, e a felicidade vem. É só ter paciência e fé.” O sofrimento passa, sempre passa.  



- Desconhecido -


Tema Viagem. Imagens de tema por Galeries. Tecnologia do Blogger.

Pesquisar este blog