terça-feira, 29 de novembro de 2016

Depressão,Ansiedade,Transtorno de Pânico X Angústia


Ansiedade X Angústia

Os transtornos de ansiedade estão relacionados a alguma disfunção dos neurotransmissores, que desencadeia um excesso de preocupação diante de alguma situação, como a entrevista de emprego que está para acontecer, a apresentação de algum trabalho ou coisas similares. As pessoas que passam por esse problema tendem a possuir pensamentos exagerados, como se a situação futura pudesse ter um desfecho ruim.
Na ansiedade é comum que a pessoa não consiga dormir, que tenha palpitações, falta de ar, tremor nas mãos e uma preocupação que paralisa.
Ou seja, a ativação cerebral é distinta na ansiedade e na angústia, vez que a primeira revela uma apreensão em relação ao que está por vir, e a segunda se relaciona ao momento presente.

Transtorno de Pânico X Angústia

O transtorno do pânico, conhecido como síndrome do pânico, é, via de regra, caracterizado por ataques repentinos, que subitamente dominam a pessoa e não possuem, na grande maioria dos casos, um gatilho específico. Aqui há uma ansiedade exagerada que gera sintomas físicos como tremores, vertigem, falta de ar, suor exacerbado, taquicardia e a sensação de medo. O paciente tende a achar que pode, inclusive, morrer a qualquer momento, tamanho a gravidade dos sintomas.
A angústia causa também sintomas físicos semelhantes, mas o que se sente é diferente. Não há, também, a sensação de morte eminente.

Depressão X Angústia

A angústia é muito confundida com depressão, mas é preciso salientar que na depressão há um desajuste de neurotransmissores, inclusive a noradrenalina, e é, via de regra, esse desajuste na química cerebral que gera os sintomas da doença, que incluem tristeza, fadiga, falta de apetite, problemas relacionados ao sono, dificuldade de concentração, alterações na autoestima e até pensamentos relacionados a morte.
De toda forma, o certo é que a angústia precisa ser vista como o que ela realmente é, uma doença, e ser tratada como se deve para que o paciente consiga se livrar da dor que sufoca, da prisão interna em que vive.
Buscar ajuda é essencial, pois é procurando ajuda que a pessoa se livra desse terrível  mal!

 Do Blog: Ju Lopes

Tema Viagem. Imagens de tema por Galeries. Tecnologia do Blogger.

Pesquisar este blog